BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sábado, 05 de dezembro de 2020

O atual presidente da
Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), Eriberto Medeiros (PP) foi
reeleito para mais um biênio no comando da Casa. O atual 1º secretário,
deputado Clodoaldo Magalhães (PSB), também permanece no cargo para um novo mandato.
Os dois foram os únicos que buscaram a reeleição dos sete cargos titulares da
Mesa Diretora.

A nova Mesa Diretora para o
biênio 2021-2022 é composta ainda por Manoel Ferreira (PSC), na 2ª presidência;
Pastor Cleiton Collins (PP), na 2ª Secretaria; Rogério Leão (PL), na 3ª
Secretaria e Alessandra Vieira (PSDB), na 4ª Secretaria. Para cargos na
suplência foram eleitos Antônio Fernando (PSC); Simone Santana (PSB); Joel
Da Harpa (PP); Henrique Queiroz Filho (PL); Dulci Amorim (PT) e Romero
Albuquerque (PP), nesta ordem. Eles assumem as respectivas funções no
dia 1º de fevereiro de 2021. 
 

Como esperado, houve
bate-chapa para o cargo de presidente. Álvaro Porto (PTB), deputado da
oposição, disputou contra Eriberto. Ele obteve apenas 14 votos, ante aos 31 de
Medeiros. “Que ele faça uma boa Gestão e permita mais participação dos Deputados,
e as coisas não sejam decididas só dentro do seu Gabinete”, estocou o Oposicionista.
 


PEC QUE PROÍBE REELEIÇÃO – Candidato
derrotado à presidência da Assembleia Legislativa, o deputado Estadual Álvaro
Porto (PTB) assinou, na manhã dessa sexta-feira, dia 4, portanto antes da
eleição para escolha da nova mesa diretora da ALEPE, que aconteceu à tarde, um documento
público em que se comprometia, caso fosse eleito, a apresentar e trabalhar pela
aprovação de Proposta de Emenda Constitucional (PEC), proibindo a reeleição
para os cargos da Mesa. A expectativa agora fica por conta de que, mesmo
derrotado, Porto, manterá a sua posição e trabalhará pelo fim da reeleição no
Legislativo Estadual Pernambucano. (Com informações do JC Online e imagens de Roberto Soares/ALEPE/Divulgação. CONFIRA)