BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Depois de o ministro da
Educação, Abraham Weintraub, ter dito que o erro na correção do Enem havia sido
apenas no segundo dia de prova, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas
Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirmou que estendeu a revisão das provas
para analisar também as notas do primeiro dia (Linguagens, Ciências Humanas e
Redação).
Segundo informações do jornal
O Globo, o motivo teria sido os questionamentos dos participantes a respeito
dos resultados desse dia também. O Governo garantiu que a nova verificação não
vai prejudicar as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).
Nesse domingo, da 19, o Ministro
publicou no Twitter um vídeo em que o presidente do Inep, Alexandre Lopes,
reafirma que vai concluir a análise até hoje, dia 20, para que os alunos possam
realizar “com tranquilidade” as inscrições no Sisu, que começam amanhã,
dia 21.
No último sábado, dia 18, o
Inep confirmou o problema que pode ter afetado até 30 mil estudantes. Em nota
oficial, informou que houve uma “inconsistência na transmissão de dados
que a gráfica envia ao Inep para processamento das notas e que era restrita a
um grupo de participantes”, gerando “contradições na associação entre
o participante e a cor de sua prova, o que impacta sua média de proficiência”.
(Com informações do JC Online. CONFIRA)