BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Depois de solicitar
informações junto a Prefeitura de Garanhuns quanto ao número de cargos de
servidores efetivos que estão vagos ou ocupados por temporários, a vereadora Magda
Alves (PP) oficializou hoje, dia 24, o pedido para a Secretaria de
Administração providencie estudos junto a todos os Órgãos Municipais, visando conhecer
as necessidades e promover um novo Concurso Público na Prefeitura de Garanhuns.
A Parlamentar apresentou requerimento na Câmara sobre o assunto e a proposição
foi aprovada por Unanimidade.  

“O último Concurso foi realizado em 2015 e naquela época
com pouco mais de 250 vagas, sendo que a Prefeitura empregava mais de três mil
servidores temporários. Hoje, a necessidade é ainda maior, já que nesses seis
anos, muitos servidores efetivos se aposentaram ou se desligaram da Prefeitura”,
defendeu Magda em pronunciamento na Casa Raimundo de Moraes, destacando inclusive
que buscará o Ministério Público, o Tribunal de Contas e a Justiça para
garantir a realização do Concurso.

SELEÇÕES SIMPLIFICADAS – Paralelo ao
trabalho para garantir o Concurso, ainda durante a reunião ordinária realizada nesta
quarta-feira, dia 24, na Câmara de Vereadores, Magda Alves chamou a atenção do
Prefeito Sivaldo Albino (PSB), quanto a necessidade da realização de Seleções
Públicas para contratação temporária de servidores. “Sabemos do atual momento de
dificuldades vivido aqui em Garanhuns, em que centenas de pais e mães de
família estão desempregados e em busca de uma oportunidade para garantir o
sustento de suas famílias com dignidade”, observou a Vereadora.

“A Prefeitura de Garanhuns precisa de vários servidores
para garantir serviços de qualidade a população, muitos desses serviços que vem
sendo prestados de forma precária nesses últimos meses pela falta de pessoal
para realizar determinadas funções. Então como os cidadãos precisam de emprego
e a Prefeitura precisa da mão de obra, mesmo que temporária, faço um apelo ao Prefeito
para que abra seleções simplificadas de forma urgente, porém justas, com vagas
e critérios transparentes, para que todos possam concorrer em igualdade de
condições”, pontuou Magda Alves.

CLIQUE EM PLAYER E CONFIRA O PRONUNCIAMENTO DA
PARLAMENTAR NA CÂMARA: