BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
segunda-feira, 30 de setembro de 2019

 
A Polícia Federal aqui em
Pernambuco, através da Superintendência Regional e Delegacia de Caruaru
deflagrou a Operação Segurança Legal IV, nas cidades de Recife, Paulista e aqui
em Garanhuns. A ação visa combater às atividades clandestinas de segurança
privada, como também coibir o porte ilegal de arma de fogo e a repressão de
outros crimes.
Durante as abordagens dos Federais
foram detectadas várias irregularidades nos locais que foram alvos das investigações.
Alguns serviços clandestinos de segurança foram encerrados em diversos
estabelecimentos e materiais típicos de segurança pública foram apreendidos.
Houve também o flagrante por porte ilegal de arma de fogo de calibre permitido
de um segurança que estava exercendo suas atividades numa empresa sem
autorização da PF, que é o órgão responsável pela regulação e controle da
atividade de segurança privada em todo o País.
A Operação ocorreu simultaneamente
nos 26 estados da Federação e no Distrito Federal, envolvendo o trabalho do
órgão central e de mais de 95 unidades de Polícia Federal distribuídas por todo
o território nacional. Ao menos 318 empresas de segurança e estabelecimentos
foram fiscalizadas em todo o País.

A PF esclarece que um erro
muito comum da população é acreditar que só a segurança armada necessita de
autorização federal. Na verdade, a Lei não faz tal distinção, e toda atividade
de segurança privada, seja armada ou desarmada, necessita de autorização
federal. Mesmo na atividade desarmada, por exemplo, os vigilantes, para
exercerem a profissão, precisam se capacitar através de um curso de formação, e
fazer um curso de reciclagem de 2 em 2 anos, tudo sob fiscalização da Polícia Federal.
(Com informações e imagens da PF/Pernambuco)