BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quinta-feira, 04 de junho de 2020

 
A semana começou com um alerta do ministro Interino da Saúde, Eduardo
Pazuello
, para uma nova etapa de avanço do Coronavírus no Brasil: o
aumento dos casos nas Cidades do Interior.

De acordo com um Especialista,
esse comportamento da Pandemia já pode ser observado em Pernambuco, que
registra um crescimento acelerado da curva de casos nos Municípios do Interior do
Estado. Segundo estudo realizado pelo Jornal do Commercio, a partir de dados
divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde, o número de casos nos Municípios do
Interior do Estado mais que dobraram num período de 14 dias. Entre os dias 13 e
27 de maio foi registrado um crescimento de 113,30%.
Aqui no Agreste Meridional, segundo
dados levantados pelo Blog do Carlos Eugênio junto as Secretarias Municipais de
Saúde, o número de infectados cresceu 83% nos últimos 14 dias. É que no dia 21
de maio, tínhamos o registro de 462 casos positivos da doença, e até ontem, dia
3, 845 pessoas já haviam sido infectados pela
COVID-19, ou seja: 383 novas pessoas foram infectadas num período de 14 dias. 

Já os Óbitos saíram de 35 para 57 nos últimos 14 dias, um acréscimo de 60%. Em
contrapartida, os casos de cura clínica também cresceram, saindo de 168 para 431
pacientes (157%) entre os dias 21 de maio e 3 de junho, nos municípios do Agreste
Meridional
(saiba mais clicando AQUI).
É importante analisar que a baixa oferta de testes sugere subnotificações, o
que pode representar que o número de casos positivos possa vir a ser ainda
maior.
Com o Novo Coronavírus chegando
com mais força às cidades do interior, soa o alerta da necessidade de
determinar o lockdown para além da Capital. “A solução seria fazer o
lockdown nas cidades que tem casos de infecção e óbitos altos”, explicou
Jones Albuquerque, pesquisador do Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami da
Universidade Federal de Pernambuco (Lika-UFPE) e professor da Universidade
Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). 

CABO NÃO RETOMA ATIVIDADES ECONÔMICAS NESTA QUINTA – A retomada das
atividades econômicas, que aconteceriam a partir desta quinta-feira, dia 4, no
município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife
(RMR), 
não ocorreu como havia
anunciado a Prefeitura daquele Município.

O cancelamento da reabertura,
prevista no Decreto Municipal nº 1.905, de 28 de maio de 2020, acontece devido
à 
recomendação nº 28/2020
do Ministério Público de Pernambuco (MPPE)
, feita nessa quarta, dia
3. O documento, assinado pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu
Barros, alerta que os Prefeitos podem restringir ainda mais as medidas
estaduais e federal relacionadas ao Novo Coronavírus, mas não podem relaxá-las.
(Com informações de Katarina
Moraes
e Carolina
Fonsêca
/JC. CONFIRA)