w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quarta-feira, 09 de março de 2022

 

Diante da flexibilização do uso obrigatório de máscaras, uma das principais medidas sanitárias de enfrentamento a COVID-19, em pelo menos cinco capitais do Brasil (Rio de Janeiro; Belo Horizonte, Cuiabá, São Luís e Boa Vista e o Distrito Federal), a deputada Estadual Clarissa Tércio (PSC) apresentou dois projetos que tratam da suspensão da obrigatoriedade do item, em especial para as crianças. Clarissa Tércio é membro titular da Comissão de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa de Pernambuco.

 

 

Para o Secretário Estadual de Saúde, André Longo, o momento é de continuar incentivando o uso da máscara por toda a população, em todos os locais. “Nossa posição continua a mesma! As máscaras estão mantidas em Pernambuco”, registrou Longo. A atitude do Governo de Pernambuco está em sintonia com a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), que considera precoce e intempestiva a medida anunciada pelas Capitais de suspender a obrigatoriedade do uso de máscaras em espaços fechados.

 

 

“O Brasil e o mundo ainda se encontram em uma situação de pandemia, com imensas desigualdades no acesso a vacinas dentro e fora do País. Além disso, ainda não temos a real magnitude do incremento de casos provocados pelas aglomerações do feriado de Carnaval, o que exige prudência e precaução até que possamos ter uma avaliação mais sólida da situação da pandemia no município do Rio de Janeiro, bem como na região metropolitana”, esclarece a Abrasco, em nota divulgada nessa segunda-feira, dia 7. (Com informações do JC Online. CONFIRA)