w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quarta-feira, 28 de junho de 2017

 
O Delegado Titular da 18ª Delegacia Seccional de Garanhuns, Luiz
Bernardo, convocou a imprensa na manhã dessa terça-feira, dia 27, para divulgar
os números da “Operação Força no Foco”, desencadeada nos últimos dias 21 e 22,
aqui em Garanhuns e cidades da Região. A coletiva teve a presença de
representantes da Receita Estadual, Polícia Civil, Polícia Militar, Conselho
Tutelar, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária.
De acordo com o Delegado, a operação não era sigilosa, mas tinha o
objetivo de prevenir as práticas de ilícitos criminais, administrativo e
repressão aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) na região, que são
homicídios e latrocínios. O Dr. Luiz Bernardo informou que 15 pessoas foram
presas e apreendidas 3 armas de fogo juntamente com 27 munições. As armas
apreendidas foram duas pistolas e um rifle, além de um simulacro de
metralhadora, toucas ninjas e rádios comunicadores que estavam sendo utilizadas
para a prática de assaltos na região. As ações foram coordenadas pelo Delegado
João Lins com a participação das equipes da Delegada Maria das Graças e
Delegado Alysson Câmara, com apoio do Grupamento Tático Aéreo (GTA) coordenado
pelo próprio Delegado.
O Major PM Albuquerque, informou que as ações foram positivas, cerca de
64 policiais em cada turno das 48h realizaram diversas blitz, também foram
realizadas ações integradas em bares e restaurantes que resultou em
notificações e fechamento de estabelecimentos comerciais que funcionavam
irregularmente. Durante as ações da PM foram abordados 2039 transeuntes, 838
motocicletas, 767 carros e 84 bicicletas. Ainda durante as ações nas blitzes foram
abordados 659 veículos, sendo 20 deles notificados e 13 recolhidos ao pátio da
AMSTT, além de três documentos recolhidos por irregularidades. O Corpo de
Bombeiros fiscalizou 8 estabelecimentos comerciais, sendo 3 deles notificados e
três interditados por apresentarem irregularidades.
A Vigilância Sanitária realizou fiscalização para verificação de
irregularidades nos bares, similares e outros estabelecimentos comercias na Cidade,
com objetivo de diminuir o risco de agravo a saúde da população local. Segundo
a Drª Catarina, 8 bares foram inspecionados, 4 deles foram interditados e 8
notificados. Os estabelecimentos apresentavam vários tipos de irregularidades
que traziam agravo a saúde, inclusive com risco de morte, uma vez que fossem
ingeridos por crianças e idosos por apresentarem imunidades baixas.
A Receita Estadual, que integra a Secretaria Estadual da Fazenda, produziu
19 Autos de Apreensões de mercadorias em situação irregular, no valor total de
R$ 597.403,87; e 48 Autos de Infração por irregularidades fiscais diversas, num
total constituído de: R$ 422.713,66, valores que ultrapassaram o valor de R$ 1
milhão.
O DETRAN através da LEI SECA realizou 226 abordagens, sendo autuados 27
num total de 61. Também foram recolhidos 12 Certificados de Registro e
Licenciamento de Veículo (CRLV) e uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Já
a Polícia Rodoviária Federal (PRF), abordou 296 pessoas, 283 veículos, realizou
105 notificações pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), 3 notificações pela
ANTT; 32 veículos foram apreendidos e 1 Mandado de Prisão cumprido. Além disso,
quatro Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) foram recolhidos, 3 Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhidas,
173 Abordagens educativas e 173 Testes de Etilômetro.

Ao final da Coletiva realizada na sede da CODEAM, aqui em Garanhuns, o Delegado
Luiz Bernardo parabenizou a integração dos Órgãos, em comprometimento com a
população de Garanhuns, e ressaltou que mais ações deste tipo estão por vir.
(Com informações e imagens do Portal
Agreste Violento e Jornal Imprensa do Agreste. CONFIRA)