w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | segunda-feira, 01 de agosto de 2022

 

A 30ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) atraiu um dos maiores públicos da história, segundo dados divulgados pela Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco, nesta segunda-feira, dia 1º. Números do levantamento feito pela pasta Estadual e pela Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur) e informações da Fundarpe indicam que o Festival recebeu mais de 1,4 milhão de pessoas nos 17 dias de festa.

 

 

Dos R$ 24 Milhões estimados como receita turística pela Pesquisa, R$ 16 milhões foram provenientes de gastos dos turistas – aqueles que dormem no destino – e os demais R$ 8 milhões de gastos do excursionistas – pessoas que fazem “bate e volta”. Já o consolidado da hotelaria, segundo a Secretaria de Turismo, Garanhuns registrou uma ocupação de 87% nos 4.890 leitos com uma permanência média de dois dias nos meios de hospedagem. Para quem ficou em casa de parentes e amigos ou apartamentos e casas de aluguel, a permanência média foi de quatro dias.

 

 

OUTROS NÚMEROS – O gasto médio individual diário, segundo o levantamento, foi R$ 117,20. Além disso, 99% dos entrevistados pensam em voltar e recomendariam o FIG. A avaliação geral do Festival foi considerada ótima para 94% e a do Município também foi extremamente positiva para 97% dos entrevistados. A grande maioria dos visitantes (78,11%) foram de Pernambuco. Fora do Estado, foram registrados grupos dos estados de Alagoas, São Paulo, Paraíba e Sergipe.

 

 

Aproximadamente 40% esteve pela primeira no Festival e, para 58% dos visitantes, o FIG foi o principal motivo de viagem. O principal meio de hospedagem utilizado foi casa de parentes e amigos (61%), seguido de hotel (19%) e casa ou apartamento de aluguel (10%). Automóvel foi o principal meio de transporte utilizado para chegar a Garanhuns (84,77%).

 

 

A Pesquisa do Perfil dos Visitantes e o Perfil Socioeconômico do FIG foi realizada nos dois primeiros finais de semana do evento, nos dias 15 a 17 e 22 a 24 de julho. Já os indicadores de desempenho da hotelaria foram contabilizados para reservas nos três finais de semana do Festival. (Com informações da Folha de Pernambuco. CONFIRA)