BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quinta-feira, 11 de março de 2021

Pela primeira vez, o balanço
diário da pandemia registrou no Brasil mais de duas mil novas mortes em razão
da COVID-19. Foram contabilizadas, nesta quarta-feira, dia 24, 2.349 vidas
perdidas em um dia. Aqui em Pernambuco, foram confirmados 22 novos óbitos, enquanto que Garanhuns não teve registro de óbitos nesta quarta.   

Em meio à guerra para evitar mais
mortes pela COVID-19, a rede pública em Pernambuco conseguiu abrir mais 21
novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta quarta-feira, dia 10.
Apesar disso, a taxa de ocupação permanece em 95%. Até o fim de semana, o Governo
de Pernambuco deve abrir mais 90 vagas na tentativa de evitar que a ocupação
chegue a 100%. Na rede privada, a taxa de ocupação diminuiu um pouco. Enquanto
nessa terça-feira estava em 91%, nesta quarta passou para 89%.

Como já noticiado neste Blog (relembre clicando AQUI), em
reunião junto ao secretário Estadual de Saúde, André Longo, o Promotor Domingos
Sávio, titular da 2ª Promotoria de Justiça da Cidadania de Garanhuns, registrou
que os dez
leitos de UTI, que funcionavam na UPAE, aqui em Garanhuns, até outubro passado, devem ser
reativados. Ainda segundo o representante do Ministério Público, o Governo do Estado
também está em diálogo com a direção do Hospital Perpétuo Socorro para ampliação
dos leitos de UTI naquela Unidade.
 


UTI´S COVID-19 EM GARANHUNS –
Mesmo possuindo 11 respiradores, sendo 7 fixos, 2 móveis e outros 2 móveis que
estão cedidos ao SAMU, e tendo o Prefeito Sivaldo Albino e o secretário Executivo
de Saúde, Paulo Mendonça, garantido a possibilidade, inclusive junto ao Ministério
Público, de abrir, em janeiro passado, entre 5 a 7 leitos de UTI (relembre clicando AQUI), a Prefeitura
de Garanhuns segue sem previsão de dar a sua parcela de contribuição para reforçar
os leitos de UTI em Garanhuns.

Em contato com a secretaria Municipal
de Saúde, o Blog apurou que a Prefeitura segue “executando as obras
necessárias, com o intuito de instalar um tanque criogênico (que armazena
oxigênio) que possa atender o abastecimento da Unidade de Tratamento COVID-19
(UTC)”. Ainda segundo o Governo Sivaldo Albino “após este processo, o Município
irá definir os próximos procedimentos que serão adotados”. 

Vale registrar que Garanhuns
possui apenas vinte leitos de UTI regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS),
que também atendem pacientes dos 21 municípios do Agreste Meridional. Na última
segunda-feira, dia 8, segundo informações do G1, a cidade estava com 17 dos 20
leitos de UTI ocupados.