BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sábado, 21 de março de 2020

O Presidente da República, Jair
Bolsonaro (sem partido), informou, por meio da sua conta no Twitter, neste
sábado, dia 21, que os médicos do Hospital Albert Einstein, localizado em São
Paulo, iniciaram um protocolo de pesquisa para averiguar a eficácia da
cloroquina nos pacientes que contraíram a COVID-19, doença provocada pelo Novo Coronavírus.


Mais cedo, Bolsonaro se reuniu
com o ministro Fernando Azevedo e Silva (Defesa). Juntos, eles decidiram que a
produção do medicamento deve ser ampliada no laboratório químico e farmacêutico
do Exército. A Cloroquina não vai poder ser vendida para outros Países, segundo
a determinação do presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária
(Anvisa), o Almirante Antônio Barra. O medicamento também é usado no Brasil
para combater a malária, o lúpus e a artrite.





GREVE DOS ENFERMEIROS DE
PERNAMBUCO É BARRADA NA JUSTIÇA –
O Governo de Pernambuco entrou com uma
ação para proibir a greve
dos enfermeiros que estava programada para começar na próxima segunda-feira, dia
23
. A ordem foi expedida pelo desembargador Fábio Eugênio Dantas de
Oliveira Lima, com fundamento no art. 300 do CPC/2015. Caso a decisão seja
descumprida, o Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco (SEEPE/PE)
terá que arcar com uma multa fixa de R$ 100 mil, por dia.


COVID-19 EM PERNAMBUCO – Em
atualização feita na tarde deste sábado, dia 21, o Governo de Pernambuco
anunciou que o Estado já tem 33 casos confirmados do Novo
Coronavírus. Mais duas curas foram confirmadas – uma adolescente de 16
anos, que foi diagnosticada com a doença após retornar de uma viagem aos
Estados Unidos e uma mulher de 30 anos, sem histórico de viagem. As duas
estavam em isolamento domiciliar. No Brasil, são 1.128 casos confirmados e 18 mortes segundo o
Ministério da Saúde.
(Com informações de Thalis Araújo/JC.
CONFIRA)

Clique em player e confira
o pronunciamento de Bolsonaro sobre o Medicamento: