BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quinta-feira, 05 de março de 2020

Um Servidor Efetivo do
Município das Correntes manteve contato com o Blog do Carlos Eugênio para
denunciar uma prática, segundo Ele, recorrente naquele Município. É que de
acordo com o Servidor, que pediu reserva da sua identidade, a Prefeitura de
Correntes, alegando a necessidade de regulamentação na Câmara
Municipal, vem pagando o valor do salário mínimo sem o reajuste aos Servidores,
e o pior, os valores que complementariam os meses pagos a menor não são quitados de forma retroativa.

“Estamos no início do primeiro
trimestre do ano e o Prefeito do Município das Correntes continua efetuando o
salário mínimo do ano passado de R$ 998,00, que deveria ter sido atualizado de
acordo com o decretado do Governo Federal, nos valores de 1.039,00 em janeiro e
R$ 1.045 a partir de fevereiro”, denunciou o Servidor, que anexou cópia do seu
contracheque.

Ainda de acordo com o
funcionário, “essa prática do Gestor em ludibriar o Servidor, acontece todos os
anos na sua atual Gestão. Esse descaso vem acontecendo desde 2014, sempre nos
primeiros três meses do ano. O Gestor Municipal justifica a medida, com a
desculpa que necessita da aprovação do novo salário pela Câmara de Vereadores,
todavia, mesmo após a aprovação da matéria pelo Legislativo Municipal, a
Prefeitura não efetua o pagamento dos valores retroativos, dando margem para
ilicitude”, complementou.


O Blog do Carlos Eugênio manteve
contato com o Prefeito Edimilson da Bahia (PSB) para que pudesse comentar o
assunto. De acordo com o Prefeito, todos os servidores receberão seus salários atualizados,
inclusive os valores retroativos referentes a janeiro e a fevereiro. “Se alguém
recebeu a menos, será ressarcido daquilo que ainda não recebeu”, garantiu Edimilson
da Bahia, fazendo questão, inclusive, de registrar que todos os Servidores de
Correntes estão com os salários rigorosamente em dia.

Clique em Player e confira
a posição do Prefeito Edimilson da Bahia (PSB):