w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quinta-feira, 07 de abril de 2022

 

Uma inspeção fiscalizatória levou o Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (COREN-PE) a denunciar, na última terça-feira, dia 5, uma mulher identificada como Ewadny Aryelly Cavalcanti dos Anjos, de 25 anos, que segundo a Entidade, estava atuando ilegalmente como Técnica de Enfermagem. A falsa profissional foi identificada enquanto dava plantão no Hospital Municipal de Palmeirina. Uma equipe do Coren esteve no local, afastou imediatamente a Mulher das funções e registrou um Boletim de Ocorrência contra a mesma junto a Polícia Civil.

 

“Identificamos que ela foi estudante de um curso técnico de Enfermagem, mas sequer terminou, sendo inclusive reprovada em algumas disciplinas. Como ela não concluiu, Ela não consegue obter registro no COREN. Mesmo assim, começou a atuar ilegalmente, se aproveitando da urgência das Unidades de Saúde na contratação de profissionais, durante o período mais intenso da pandemia por COVID-19”, explicou Helia Sibely, coordenadora de Fiscalização/Subseções do Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco.

 

“O COREN vai acompanhar a conclusão do inquérito e fazer denúncia também junto ao Ministério Público. A Autarquia também vai apurar a responsabilidade da Coordenação de Enfermagem e Diretoria da Unidade, que deveria exigir a carteira dos profissionais que atuam na equipe”, explicou o assessor jurídico do Conselho, Juan Ícaro.

 

O Blog do Carlos Eugênio está à disposição da Prefeitura de Palmeirina, bem como da senhora Ewadny Aryelly Cavalcanti dos Anjos para publicar as suas versões sobre as medidas do COREN-PE. (Com informações e imagens do COREN-PE)