w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

 
Depois da grande repercussão
quanto a suspensão nos serviços médicos da UPAE/Garanhuns, que resultou em
dezenas de cidadãos de Garanhuns e de outros Municípios da região sem
atendimento, os serviços naquela Unidade voltam a normalidade a partir de
amanhã, dia 14.

Em nota enviada a Imprensa, o coordenador
geral da UPAE/Garanhuns, Gustavo Amorim, informou que amanhã, serão atendidos os
pacientes que estavam previamente marcados para o dia 14. “Já os pacientes que
deixaram de ser atendidos nos dias 12 e 13/12, devem, no caso de retorno de
consultas, comparecer à UPAE/Garanhuns no próximo dia 20/12, para
reagendamento. Aqueles que estariam em primeira consulta, ou seja: vindo para
primeiro atendimento médico, devem retornar às Secretarias de Saúde de seus Municípios,
para agendar nova data”, registrou o coordenador geral da UPAE/Garanhuns, Gustavo
Amorim. 
A
UPAE/Garanhuns é gerida pelo IMIP, em parceria com o Governo do Estado.


REDES SOCIAIS – Pelo facebook, o cidadão
Ivan Rodrigues, ligado ao PSB, registrou que a responsabilidade pela
paralisação dos Médicos que prestam serviços a UPAE/Garanhuns não deve ser repassada
ao Governo do Estado. É que segundo Rodrigues, os servidores (Médicos) são
prestadores de serviço terceirizados pelo IMIP e que, “se não receberam seus
ordenados, deve ser reclamado à firma que os registrou e é responsável pelos
seus pagamentos”, chamou a atenção Ivan Rodrigues. O Governo do Estado não se
pronunciou sobre o assunto.