BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quarta-feira, 31 de março de 2021

Ao lado do presidente Jair
Bolsonaro (sem partido), o ministro da Cidadania, João Roma, confirmou nesta
quarta-feira, dia 31, que o Auxílio Emergencial de 2021 começará a ser pago a
partir do dia 6 de abril.

O benefício varia entre R$ 150
e R$ 375 (mensais) e será pago em quatro parcelas entre abril e julho, podendo
ser sacado até agosto, da seguinte forma: para mulheres chefes de família: R$
375; para famílias unipessoais, ou seja, formadas por uma só pessoa: R$
150; e para outros beneficiários: R$ 250. “Aqueles que estavam aptos no
mês de dezembro, permanecem aptos para receber o auxílio, com exceção dos que
foram identificados com características que os excluem da lista”, disse
Roma. O Governo estima que o dinheiro ajudará mais de 40 milhões de famílias em
situação de vulnerabilidade.

PAGAMENTO – O modelo de
pagamento do Auxílio Emergencial segue o que foi implementado no ano passado,
com um escalonamento por mês de nascimento para as pessoas receberem o crédito
na Conta Social Digital da Caixa e outro para saques. Os créditos na conta
social têm início já nessa terça-feira, dia 6, para trabalhadores nascidos em
janeiro que se inscreveram pelos meios digitais da Caixa (informais,
microempreendedores individuais e desempregados, entre outros) e integrantes do
Cadastro Único do Governo Federal. Os beneficiários do Bolsa Família receberão
de acordo com o calendário habitual do Programa, que em abril começa no dia 16.
(Com informações do JC On-line. CONFIRA)