w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | segunda-feira, 17 de junho de 2013


Com destacada atuação à frente da
Câmara de Vereadores de Garanhuns, o vereador Audálio Filho (PSDC) chega à
maturidade política e já se credencia para voos mais altos.  Filho do ex-vereador Audálio Ramos, o
Parlamentar exerce o seu segundo mandato legislativo. Todavia, na opinião de
alguns analistas políticos, o Economista, por formação, tem muito mais a dar a
Garanhuns. 

O Doutor, como é chamado pelos
mais próximos, vem inovando no Legislativo. Mostra a coragem para bancar um
concurso e investe na transparência pública, sem esquecer de defender, com
argumentos, o Governo do qual é aliado de primeira hora. Também não abre mão da
independência da Câmara e apesar de ser aliado e dever parte da sua eleição de
Presidente ao Prefeito Izaías Régis (PTB), chegou a ‘peitar’ o Governante no
episódio da votação da taxa de iluminação pública.

Essa coragem, desenvoltura e
bagagem política já credenciam Audálio como um dos mais fortes nomes que o
Prefeito Izaías tem em seu grupo para disputar uma vaga na Assembleia
Legislativa no próximo ano. O próprio Izaías já referenciou o Vereador para a
disputa em várias entrevistas veiculadas nas rádios e por ocasião da
inauguração do SAMU. “Eu tenho que descobrir novas lideranças (…); nós temos
nomes bons que poderão ser candidato, entre eles o presidente da Câmara”,
registrou Régis em entrevista ao radialista Pereira Filho, da 87 FM. 

A preferência de Izaías pelo nome
de Audálio na disputa pela presidência da Câmara em janeiro passado pode
sinalizar que o Governante volte a apostar no Doutor para voos mais ousados. Já
o fato do Petebista não colar sua imagem a do Vereador deve ser analisada como
uma forma de proteger a opção e não queimar a ficha antes do tempo.

O fato é quem gradativamente, o
Presidente da Câmara vai mostrando o seu Capital Político. Conta com a simpatia
de praticamente todos os seus companheiros de Câmara; é elogiado por
secretários municipais e agrada com sua conduta expressivos setores da
sociedade local, como a CDL, por exemplo. Já esteve ao lado do deputado
Federal, Fernando Ferro (PT) em algumas agendas na periferia, bem como visita
áreas de futuras ações junto ao Prefeito Izaías Régis. A sua participação em
temas, como preservação ambiental e desenvolvimento econômico também pavimentam
o seu futuro político. “É um dos melhores quadros do nosso grupo. Discreto,
leal e eficiente. Tem tudo para crescer, resta saber se Izaías vai podar as
suas assas ou dar-lhe corda”, pontuou um auxiliar graduado do Prefeito, pedido
em seguida reserva da sua identidade.

Entrevistado pelo Blog sobre a
possibilidade de vir a ser o nome apresentado pelo Prefeito, Audálio pregou a
lealdade aos projetos de Izaías. “Nossa prioridade é o exercício do mandato de
Vereador e a gestão político-administrativa da Câmara. Estamos unidos ao
Prefeito Izaías Régis, nosso partido o PSDC foi parceiro de primeira hora
dele(..); Em 2014 conversaremos com ele e iremos apoiar o nome que ele escolher
para disputar o mandato de deputado estadual”, salientou.

TRÊS CORRENTES – Especula-se que atualmente o grupo governista em
Garanhuns possui três correntes distintas quando o assunto é: o deputado
estadual do Prefeito.

Uma defende a indicação da filha
de Régis, a jovem administradora Michelle Régis, que apesar do carisma e
desenvoltura na administração da Clinical Armando Monteiro, não possui cacife
político para a empreitada. O nome de Fernando da Iza é o preferido para um
pequeno bloco, que apesar de estar mais próximo do petebista não demonstra
força suficiente para abençoar a candidatura do leal auxiliar que atua na
empresa da Família. Outra faixa gostaria de contar com um político nato
capitaneando o barco, e o nome Audálio Filho cai como uma luva nesse contexto. 

Todos opinam mas a decisão final é do Prefeito,
ou melhor, do Prefeito e de Armando Monteiro, que exerce um papel importante no
Governo e na carreira política de Izaías, afinal, foi Monteiro que azeitou a
aliança ‘por amor a Garanhuns’, que possibilitou a união de Régis e Silvino e a
consequente vitória em outubro passado.