BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
domingo, 27 de junho de 2021

Aprovados no Concurso realizado
em 2019 pela Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (ADAGRO), órgão
ligado à Secretária de Agricultura de Pernambuco, promoveram na última quarta-feira,
dia 23, protestos em quatro cidades do Estado, dentre elas aqui em Garanhuns. Os
aprovados cobram do governador Paulo Câmara (PSB) a nomeação dos técnicos e
fiscais.


Aqui em Garanhuns, o protesto
ocorreu na Avenida Caruaru, próximo à sede do IPA e da regional da ADAGRO. De
acordo com os membros da Comissão de Aprovados, “a saúde da população de
Pernambuco que consome produtos animais e vegetais encontra-se em permanente
estado de risco tendo em vista que a ADAGRO não está conseguindo realizar as
ações de controle de doenças infecciosas transmitidas por alimentos e de
contaminações de agrotóxicos em razão da carência de pessoal
especializado”.

Segundo os organizadores do ato,
um estudo da ADAGRO, encaminhado ao Ministério Público de Pernambuco, teria
constatado os riscos em denúncia de que o Governo do Estado estaria
supostamente “postergando as nomeações de concursados com o objetivo de
beneficiar comissionados e terceirizados”. Ao todo, 90 técnicos e 50
fiscais foram aprovados em Concurso realizado em 2019 e não foram convocados
até o momento, de acordo com os organizadores do ato.

No último dia 14, conforme noticiou
o Blog do Carlos Eugênio (relembre clicando AQUI) em ação judicial
movida por 15 concursados aprovados, o juiz Djalma Andrelino Nogueira Junior,
da 4ª Vara da Fazenda Pública do Recife, determinou que o Governo de
Pernambuco, no prazo de 60 dias convoque os aprovados. A decisão também fixa
multa diária de R$ 20 mil em caso de descumprimento. O Governo do Estado ainda
pode recorrer da decisão. (Com informações do JC Online. CONFIRA)