w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | terça-feira, 06 de outubro de 2020

O retorno às aulas presenciais
em Pernambuco é assunto de mais uma ação na Justiça Estadual. Depois de manter
a greve, que começou as 0h desta terça-feira, dia 6, os Professores da rede
estadual, por meio do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco
(Sintepe), decidiram ingressar com uma ação civil pública para tentar impedir a
reabertura das escolas estaduais, como fez o Sindicato dos Professores da Rede
Privada.

Ontem, dia 5, a Justiça
do Trabalho suspendeu a retomada das aulas presenciais nas escolas privadas de
Pernambuco, que também estava marcada para acontecer nesta terça-feira, dia 6.

“No atual estágio da
pandemia em Pernambuco, sem estudos técnicos específicos voltados à realidade
do espaço escolar, sem vistoria especializada nas Unidades Escolares, e sem um
amplo diálogo com a categoria, o retorno às aulas presenciais é uma
irresponsabilidade”, destaca a Entidade. “É uma decisão que coloca em
risco a vida e a saúde não só de toda a comunidade escolar, mas também de seus
familiares. Esperamos, agora, que a justiça impeça esse retorno prematuro e se
mantenha firme na proteção à vida, à saúde, ao trabalho seguro, à educação
pública de qualidade em ambiente hígido e seguro”, complementa o Sindicato.
(Com informações do JC Online. CONFIRA)