w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quinta-feira, 20 de junho de 2013

Movimentação defronte a Empresa.
Estudantes, cidadãos e membros da União dos Jovens
Secundaristas (USJ) realizam hoje, a partir das 16h, uma manifestação pacífica
aqui em Garanhuns.   

                                       

O Movimento denominado de Luta Nacional Contra o Aumento
das Passagens e Valorização da Democracia quer alertar a população e,
sobretudo, as autoridades municipais a cerca dos valores das passagens de
ônibus no Município e quanto a temas, como: monopólio, integração de linhas,
condições dos terminais e a fiscalização dos serviços. A convocação vem sendo feita
através das redes sociais, em especial o Facebook. Outros temas, como o reajuste
na taxa de iluminação pública, bem como o oferecimento de melhores serviços na
área da saúde, também estarão sendo explorados pelos manifestantes.

Cidadãos indo a pé aos seus destinos.
A concentração acontece a partir das 16h defronte ao
Parque Euclides Dourado. De lá, o grupo segue em caminhada até a avenida Santo
Antônio. O Espaço Colunata será o ponto final da movimentação. A ordem é expor
as opiniões, todavia com civilidade e educação. Os Organizadores pedem que os
manifestantes levem cartazes e não admitem qualquer tipo de arma ou instrumento
que possa causar ferimentos. Ações de vandalismo e a participação de partidos
políticos também são totalmente reprovadas pelo Grupo que organiza o Movimento.

COMEÇOU CEDO –
E nas primeiras horas desta quinta-feira, 20, um grupo de pouco mais de dez
manifestantes esteve reunido defronte a garagem da Empresa São Cristóvão.
Apesar da presença da Polícia Militar, a manifestação vinha sendo pacífica até
o momento desta postagem.

Das 6 as 8h de hoje, os usuários do sistema de transporte
público na Cidade, com exceção da linha da comunidade do Mundaú (Empresa Padre
Cícero) tiveram que utilizar outro meio ou fazer o deslocamento a pé aos seus
destinos.

Apesar da redução no valor das passagens em R$
0,10, anunciado pelo Prefeito Izaías Régis (PTB) na manhã de ontem, 19, o Grupo
se posicionou no portão da Empresa, impedindo a saída dos ônibus. Apenas um
veículo, por linha, foi liberado pelo grupo. Informações dão conta que os manifestantes
liberaram agora a pouco a saída dos ônibus. Além de chamar a atenção da
população e de autoridades, eles reivindicam uma redução maior nos preços das
passagens e a implantação do serviço de integração entre algumas linhas na
Cidade.